Concessionária Fiat, Foz do Iguaçu - PR

Por Autofoz 04/09/2020

Já imaginou se seu carro começa a falhar durante uma viagem? E ao checar o motor você percebe que ele está fundido?
Essa é uma situação que ninguém deseja passar, e por isso iremos falar sobre o radiador, uma peça muito importante para que isso não aconteça.

Para que serve o radiador?

O radiador faz parte do sistema de arrefecimento do carro. Tem a finalidade de trocar o calor e manter o líquido na temperatura ideal para o funcionamento do motor.
O líquido de arrefecimento é composto por água desmineralizada e aditivos, pois não danifica as partes metálicas da peça.
Os aditivos são substâncias sintéticas que previnem o líquido de arrefecimento de ferver ou congelar, também evita o contato desgastante com o metal, formando uma fina película protetora que remove os agentes corrosivos que estão internamente presentes nele.

Quando trocar?

Há alguns sinais que indicam desgaste da peça ou possível momento de troca, são eles:

  • A diminuição do líquido de arrefecimento (por exemplo um carro que comporta 4 litros desse fluído estar completo com 3,5 litros).
  • Ferrugem externa.
  • Suporte ou presilhas danificadas.
  • Quando houver vazamento.

Lembrando que não é necessário trocar esta peça com frequência, apenas deve ser feita quando o radiador apresentar mal funcionamento. Ele não deve ser “esquecido”, mecânicos recomendam revisá-lo a cada 12 meses, para garantir que a peça está saudável.

Quais os riscos de não fazer a revisão?

O sistema de arrefecimento é composto pela bomba d’a água, válvula termostática, reservatório, sensor de temperatura, radiador e eletro ventilador. Quando a peça está deteriorada dificilmente emite ruídos, apenas quando o dano está na bomba d`água apresenta “roncos”, o que indica desgaste.
Sem a identificação desses problemas, pode acontecer de o radiador estar com vazamentos, fazendo com que o óleo do motor aqueça e ele acabe fundido.

Como prolongar sua vida útil?

Existe algumas dicas muito importantes para que o radiador tenha maior duração, são elas:

  • Evite usar a água da torneira (essa água possui muitos sais minerais, o que desgasta o metal da peça).
  • Fazer a troca do líquido de arrefecimento periodicamente a cada 12 meses.

Caso seu carro esteja apresentando algum desses defeitos abordados, talvez seja o momento de trocar o radiador. Não hesite em nos contatar.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.