Blog Autofoz

Trânsito sustentável? Acredite, é possível!

Trânsito sustentável? Acredite, é possível!

Atitudes simples podem contribuir para reduzir a poluição e colaborar com o equilíbrio do planeta

Pensar mais no meio ambiente é algo que se tornou imprescindível nos dias atuais. Com o esgotamento dos recursos da natureza e a conscientização de que há uma finitude nas reservas do planeta, fala-se cada dia mais em ter atitudes sustentáveis.

E, o que seriam atitudes sustentáveis? Para responder essa pergunta é importante retomar a origem do conceito, sustentabilidade é uma palavra que tomou corpo a partir das conferências da Organização das Nações Unidas no final do século passado.

Continuar com os hábitos que até então era adotados, não era mais viável, e essa viabilidade não era apenas ambiental, mas também econômica, já que a escassez dos recursos seria prejudicial para a produção de bens de consumo.

Pensar em sustentabilidade diz respeito a muito mais do que preservar grandes reservas ambientais, pode ser simples, pode ser viável, pode ser nas mais variadas atividades. No trânsito não é diferente! Continue lendo e descubra como você pode ser um motorista sustentável.

1. Aposte na carona solidária

Essa prática é ótima para o bolso e para o planeta. Que tal reunir a galera do trabalho ou da faculdade em um carro só? Além de proporcionar maior interação entre as pessoas também ajuda a diminuir a poluição atmosférica. Hoje em dia, existem vários aplicativos e grupos que juntam quem está procura e quem oferece carona.
É possível fazer trajetos mais longos, inclusive viagens para outros estados utilizando a carona solidária. Tudo de bom, não é mesmo?

2. Nada de forçar o motor

Além de ser uma prática ruim para o seu carro também não é nada boa para o meio ambiente. Com a aceleração do motor, o carro gasta mais combustível e há maior liberação de poluentes no ar. A direção defensiva é a melhor para manter a segurança, conservar os componentes do carro e não prejudicar a natureza.
Lembre-se que o motor desregulado polui muito mais, então se perceber qualquer alteração corra para o seu mecânico.

3. É clichê, mas precisamos falar: mantenha as revisões em dia

Todo motorista sabe que é importante fazer aquele check-up no carro de vez em quando, mas nem sempre seguem essa orientação corretamente. Além de evitar problemas e desgaste nas peças do veículo, a revisão é uma das aliadas para a sustentabilidade.
Isso porque, são revisados e se necessários trocados na revisão componentes como filtros de ar e óleo de motor, se não revisados eles podem impactar na emissão de poluentes.

4. Não exagere no ar-condicionado

É uma dica difícil de seguir, a gente sabe. Principalmente nos dias de calor intenso, mas não custa tentar diminuir o consumo pelo menos em dias mais amenos.
Sabe por que ele está na lista? O ar-condicionado ligado aumenta o consumo de combustível do carro e polui mais do que quando ele está desligado.

7. Prefira combustíveis renováveis

Ao invés da gasolina, que tal optar pelo etanol? Por não derivar o petróleo, ele é muito melhor para o meio ambiente além de ser mais barato. Então, na hora de comprar um carro prefira os modelos que tem o sistema FLEX.
Importante lembrar que é preciso intercalar os tipos de combustíveis para evitar o entupimento dos bicos injetores. Fique em olho nos locais em que você abastece, pois a gasolina adulterada é sinal vermelho para o meio ambiente e para o seu carro.

Comentários
Seja o primeiro a comentar
Deixe seu Comentário

LIGAMOS PARA VOCÊ

Informe seu telefone de contato para que um de nossos consultores lhe retorne.