Concessionária Fiat, Foz do Iguaçu - PR

Por Autofoz 04/11/2020

Como todo processo é burocrático, lento e cheio de detalhes, no Brasil não é diferente quando falamos em importação. Então reunimos aqui algumas informações, que você precisa saber!



Escolher o carro

Antes de iniciar o processo o importador precisa já ter definido, e escolhido o modelo que deseja importar, pois, será necessário incluir o número de chassis, motor no processo de importação.


Pagamento

Após tudo estar em mãos, é a hora de realizar o pagamento do veículo, que é realizado através de um contrato de câmbio. Após a confirmação do depósito, o vendedor emitirá uma fatura comercial e uma ordem de exportação.

 

Desembaraço Aduaneiro

Após o veículo chegar, é a hora do desembaraço aduaneiro. O importador irá se dirigir a Receita Federal com todos os documentos necessários e então fazer a DI (a taxa DI representa a média diária de juros cobrados em depósitos interfinanceiros). Pagará todos os impostos (Imposto de Importação, IPI, PIS, COFINS e ICMS) que são calculados em cascata sobre o valor da mercadoria com o frete. Depois, é claro, não se esqueça de ir ao Detran fazer o emplacamento, licenciamento, pagar IPVA etc.

Depois de seguir estas etapas pronto, o automóvel já é seu!


E aí? Tirou suas dúvidas? Fique ligado no nosso Blog para ficar por dentro do mundo automotivo!

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.